Mofreita Caso de Estudo - Alphacam Mofreita Caso de Estudo - Alphacam Mofreita Caso de Estudo - Alphacam Mofreita Caso de Estudo - Alphacam Mofreita Caso de Estudo - Alphacam Mofreita Caso de Estudo - Alphacam Mofreita Caso de Estudo - Alphacam Mofreita Caso de Estudo - Alphacam Mofreita Caso de Estudo - Alphacam Mofreita Caso de Estudo - Alphacam

Mais tempo, mais rigor, mais exatidão com o Alphacam

“O software (...) já está de tal forma entranhado, que eu acho que já não vivemos sem ele”

São as palavras de Filipe Mofreita, gerente da empresa Mofreita, que está na área do mobiliário desde os 8 anos de idade. Em 1998 teve vontade de transformar uma empresa tradicional de mobiliário, numa indústria moderna com recurso a CNC's, mas só em 2004 concretizou esse desejo - "O CNC é a extensão das mãos - das minhas, dos designers, das pessoas de trabalho. (...) O CNC traz uma abordagem completamente diferente à empresa, uma forma de estar no mercado completamente diferente, com rigor, com exatidão".

A Carpintaria Mofreita começou há mais de 40 anos, fazendo carros de bois, agrades e charruas, posteriormente evoluiu para uma "carpintaria pura" dedicando-se em exclusivo à construção de portas, janelas e armações de casas, nos dias de hoje, o fabrico de móveis, decoração de interiores e também exteriores, são o dia a dia da empresa Mofreita.



“Acabamos por investir no software para nos ajudar e alicerçar aquilo que era a nossa tendência, (...) trabalhar com mais rigor e mais rápido”

Filipe Mofreita, Gerente

Filipe Mofreita, comenta a transformação sentida dentro da empresa com a entrada do equipamento CNC, pois foi responsável pela criação de "novos departamentos na empresa, que até aí eram impensáveis na indústria tradicional de mobiliário, era impensável ter um departamento de design, planificação, processamento, operadores para uma máquina específica, é quase impensável tê-los numa indústria pequena e tradicional". Depois de 6 anos a programarem "à mão", sentiram necessidade de adquirir um sofware de sólidos, que ajudou nessa transição uma vez que "continuamos a ver o sólido, fazer peça a peça e depois transportá-lo para a máquina".

Um grande desafio sentido, conta-nos Filipe, foi quando "compramos o HSM, uma ferramenta que também nos ajudou na altura (...) porque enquanto utilizadores de máquinas tradicionais, passando para um CNC, (...) a máquina tem de fazer os passos que eu imaginei numa primeira fase. (...) Rapidamente nos apercebemos que o HSM não seria o caminho para o futuro, foi um caminho de começo, mas não um caminho para o futuro".

"Acabamos por investir no software para nos ajudar e alicerçar, aquilo que era a nossa tendência, que era cada vez trabalhar com mais rigor e mais rápido" conta-nos Filipe. "O sucesso da empresa está nos prazos de entrega rápidos, na exatidão, na perfeição, em tudo. (...) Somos humanos erramos, as máquinas erram pelas nossas mãos, (...) lá está, o investimento que nós fizemos no software, no Alphacam, foi para (...) se associar, no fundo ao SolidWorks, em substituição pura e dura do HSM, foi um bocadinho esta questão, nós somos humanos erramos, mas se programamos bem uma vez (...) fica ali, então aplicamos aquilo sempre como uma fiabilidade".

Filipe deu-nos ainda um exemplo da rápida integração do Alphacam, conta-nos o seguinte: "Eu andei um ano a programar em HSM e depois ia rever o programa linha a linha, para ver se aquilo não ia dar asneira, e eu neste momento (quando nós adquirimos o software) passado um mês ou se calhar nem tanto, eu lanço tudo direto para a máquina sem olhar para nada, (...) tenho a certeza de que aquilo vai dar certo, não vou rever o programa, não vou fazer nada. (...) Para isto foi preciso a colaboração da Bitmind e ainda é precisa (...) O software tem uma integração relativamente recente, mas já está de tal forma entranhado que eu acho que já não vivemos sem ele (...), porque permite que quase qualquer pessoa processe".

Filipe, fez ainda uma análise sobre a ilusão de "fazer muitos móveis ao mesmo tempo", o que leva muitas "pequenas indústrias a investirem" em maquinaria de forma errada. "A indústria hoje adaptou-se a isso, vamos fazer o nosso modelo mas com mais 20 centímetros. (...) Têm de cortar uma placa de cada vez e depois tem que ir à peça a peça. (...) Eu posso ter uma máquina que se chama nesting (...) que me pode cortar e fazer furação".


Sobre a Empresa

Nome: Carpintaria Mofreita

Àrea de Negócio: Fabrico de mobiliário, decoração de interiores e exteriores

Web: http://www.mofreita.com


Benefícios alcançados

  • Prazos de entrega reduzidos
  • Programação otimizada
  • Redução de custos através da redução do tempo de programação

Comentário

“O Alphacam (...) para mim acaba por ser gratificante porque eu agora começo a ter gente nova (...) que já vai fazendo e eu já posso ir saindo mais cedo e estar com a família”

Filipe Mofreita, Gerente


 

 

Próximo